Sal

SAL | Benefícios e Malefícios

O sal é usado desde a Antiguidade. Utilizado na conservação de alimentos, o produto também foi um dos primeiros artigos de comércio internacional até se transformar em um dos temperos mais populares do mundo.

Essa composição de cloro e sódio que realça o sabor dos alimentos tem um papel importante no funcionamento do nosso organismo, se consumido na medida certa. O sal é uma das principais fontes de iodo na dieta diária, elemento essencial para o bom funcionamento da tireóide.

Leia mais »

Canja de galinha

CANJA DE GALINHA | Benefícios

Quando a temperatura cai é quase inevitável pegar uma gripe ou um resfriado. O nariz entope, há dificuldade para respirar, o corpo fica dolorido e a única vontade que temos é de ficar quietinhos na cama. É nessas horas que a sabedoria popular entra em cena para dar uma aliviada na situação.

Leia mais »

Teste Ergométrico

TESTE ERGOMÉTRICO | O que é? – Indicações

Você conhece bem o seu coração? Sabe se ele aguenta, e quanto, se for submetido a um esforço extra? O teste ergométrico pode responder a essa pergunta. O exame, realizado em esteira rolante ou bicicleta ergométrica, avalia a saúde do coração registrando a atividade elétrica, os batimentos cardíacos e a pressão arterial, do repouso aos diversos níveis de esforço físico.

Leia mais »

Alimentos termogênicos

ALIMENTOS TERMOGÊNICOS

Quem vive em guerra com aquelas gordurinhas indesejadas pode ter nos alimentos termogênicos um bom aliado. Ao contrário de outros alimentos, eles precisam de uma ajuda extra na hora da digestão; isso faz com que o metabolismo trabalhe em ritmo acelerado e gaste mais energia. Esse esforço a mais aumenta a temperatura do corpo e facilita a queima de gordura. Quanto mais difícil for a digestão, maior é o poder termogênico do alimento. E não para por aí; além de acelerar o metabolismo e queimar a gordura corporal, a maioria desses alimentos tem ação anti-inflamatória e antioxidante e apresentam outros benefícios como:

Leia mais »

Gengibre

GENGIBRE | Benefícios para a saúde

Essa raiz de aroma e sabor inconfundível é originária da Ásia e conhecida desde a antiguidade por suas propriedades curativas.

Usado tanto na culinária quanto na formulação de medicamentos, o gengibre tem uma composição peculiar e por isso possui vários benefícios terapêuticos. A raiz contém vitamina B6, minerais como potássio, magnésio e cobre, e é rica em substâncias termogênicas – aquelas que aceleram o metabolismo e dão uma ajuda e tanto na queima de gordura corporal.

Leia mais »

Rouquidão

CAUSAS DA ROUQUIDÃO

Ela é a inimiga número um dos profissionais que fazem uso da voz como instrumento de trabalho; é até comum e pode acometer qualquer um. Estamos falando da rouquidão, aquela alteração na qualidade da voz que deixa o tom mais áspero, baixo e algumas vezes praticamente inaudível.

A rouquidão ocorre quando há inflamação nas cordas vocais e se divide em dois tipos: funcional, quando é provocada pelo uso excessivo da voz; e orgânica, quando aparece como coadjuvante de um outro problema clínico. Nesse caso é resultado de um processo infeccioso nas vias respiratórias e geralmente vem acompanhada de dor de garganta, resfriado ou febre. O problema pode ser agudo (de curta duração) ou crônico (quando demora mais para melhorar). E é a rouquidão crônica que merece atenção.

Leia mais »

Pre-diabetes

TRATAR PRÉ-DIABETES COM DIETA

A hiperglicemia intermediária ou pré-diabetes é uma condição em que os indivíduos apresentam níveis de glicose no sangue superiores ao normal, não sendo, contudo, suficientemente elevados para serem classificados como Diabetes. Estas pessoas podem ter alterações na glicemia em jejum (AGJ) ou tolerância diminuída à glicose (TDG) ou ambas. Sabendo que metade dos casos de pré-diabetes vai evoluir para diabetes, um grande número, cerca de 50% das pessoas que agora têm pré-diabetes futuramente terão diabetes.

Leia mais »

Distensão muscular

DISTENSÃO MUSCULAR | Tipos – Gravidade – Tratamento

Não pense que só acontece com esportistas ou atletas profissionais; qualquer pessoa está sujeita à distensão muscular. Basta uma pisada em falso, uma corridinha desajeitada, um exercício feito da maneira incorreta ou mesmo um movimento corriqueiro e pronto, surge uma dor aguda que restringe temporariamente o movimento.

A distensão ou estiramento muscular acontece quando um determinado músculo ou tendão que se prende ao osso é submetido a um esforço grande, alonga além do limite normal e rompe. Essa ruptura pode ocorrer em algumas ou várias fibras. Também é normal haver rompimento dos vasos sanguíneos que irrigam as fibras musculares, originando hematoma e inflamação na região.

Leia mais »

Pedra nos rins

PEDRAS NOS RINS X ALIMENTAÇÃO

Pedra no rim, cálculos renais, litíase ou nefrolitíase são vários dos nomes que identificam uma condição na qual se formam microcristais nos rins, e que, com o avançar e acumular de cristais leva à formação de pedras cujo tamanho pode mesmo atingir mais de 1 cm de diâmetro. Esta alteração nas funções do sistema urinário tem como consequências a deficiente filtração sanguínea, bem como o aparecimento de imensas dores ao portador.
Estudos sugerem que o consumo excessivo de proteína de origem animal possui elevado risco na formação de pedras nos rins, provavelmente devido à sobrecarga de aminoácidos com um elevado conteúdo de enxofre.

Leia mais »

Óleo de Coco

ÓLEO DE COCO | Tem benefícios comprovados?

Óleo de Coco: Herói ou Vilão? Muitas vezes ouvimos afirmações sem base científica por parte de quem lucra com este produto de que o óleo de coco possui funções benéficas para a saúde, desde a cura do câncer até a melhora das dores nas articulações. Este é também conhecido pela sua transversalidade e aplicações não nutricionais, assunto que trataremos mais a frente.

Originado pelo processamento do coco, através de prensagem, podemos extrair o seu óleo que nutricionalmente apresenta entre 850 a 900 Kcal por 100 gramas de produto, sendo que, como o nome indica, é composto por lipídios e apenas traços residuais de outros nutrientes. O perfil lipídico é de 90% de gorduras saturadas, 3% de monoinsaturada e 7% de poliinsaturadas. As gorduras poliinsaturadas são consideradas essenciais, sendo assim podemos assumir que o óleo de coco é um bom alimento, mas os 90% de gorduras saturada presentes levam-nos a questionar o consumo deste produto. Primariamente encontrada em alimentos de origem animal, as gorduras saturadas tendem a aumentar o LDL (‘’mau’’ colesterol) e o risco de doenças cardiovasculares.

Leia mais »

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck