OXITOCINA E ENDORFINA | Hormônios da Felicidade

A Endorfina e a Oxitocina são os neurotransmissores que completam o chamado “quarteto de hormônios da felicidade”; os outros são Serotonina e Dopamina. Os quatro, bem dosados, são responsáveis por sensações de satisfação, prazer e bem-estar.

Leia mais »

DOPAMINA | Hormônios da Felicidade

Sabe aquela sensação gostosa de dever cumprido ao fim de um trabalho difícil; o prazer ao atingir uma meta, conquistar um desejo ou realizar um sonho? A responsável por esse sentimento de satisfação é a dopamina, um neurotransmissor que integra o chamado “quarteto de hormônios da felicidade” e tem como principal característica ativar os circuitos de recompensa do cérebro. Ela é estimulante e, na dose certa, garante energia, disposição e prazer.

- PUBLICIDADE -

Leia mais »

Serotonina - Hormônio da Felicidade

SEROTONINA – O HORMÔNIO DA FELICIDADE

Neste texto iremos explicar o que é a serotonina, suas funções, os sintomas da deficiência ou excesso, os alimentos que ajudam a aumentar seus níveis.

O nosso cérebro possui uma série de neurotransmissores, compostos químicos produzidos pelos neurônios, que trabalham em diversas áreas e são responsáveis pela perfeita comunicação entre as células do sistema nervoso. São eles que ajudam a função cerebral conduzindo impulsos nervosos para várias partes do corpo.

Leia mais »

OS TIPOS DE CARBOIDRATOS

Os carboidratos, assim como as proteínas e as gorduras, são um macronutriente essencial para manter nosso organismo forte e saudável. Chamados de glicídios, eles são compostos de carbono, hidrogênio e oxigênio, e são fundamentais para a produção de glicose, a molécula que fornece a energia necessária para o funcionamento de todas as células do corpo. Neste texto explicaremos os diferentes tipos de carboidratos, além de suas vantagens e desvantagens.

Nosso organismo precisa dessa energia para sintetizar hormônios, alimentar as células do sistema nervoso central e manter o cérebro ativo. Sem ela, movimentos triviais como andar, correr, pular ficam comprometidos; além disso, sua falta pode provocar dor de cabeça, tremores e até desmaios.

Leia mais »

TENDINOSE | O que é?

Os tendões tem uma função extremamente importante para a manutenção do esqueleto; eles unem os músculos aos ossos, são responsáveis pelas articulações e mantém o equilíbrio do corpo. Com estrutura fibrosa, tem a função de transmitir a força gerada por um músculo à estrutura óssea produzindo movimento. Neste texto iremos explicar o que é a tendinose, os sintomas, diagnóstico e tratamento.

Os tendões, com forma plana, cilíndrica ou de cordão, apesar de sua enorme resistência e alguma elasticidade, estão sujeitos a sofrer uma série de lesões provocadas por sobrecarga ou traumas. São as chamadas tendinopatias, caracterizadas pela presença de dor e limitação dos movimentos na área afetada. Essas tendinopatias são e conhecidas como tendinite e tendinoseas que têm sintomas similares, mas causas e o tratamento diferentes.

Leia mais »

Especialistas atualizam recomendações mundiais para a hipertensão

Associação Americana do Coração e o Colégio Americano de Cardiologia atualizaram informações sobre o diagnóstico e tratamento da hipertensão arterial, como mostra a edição de fevereiro da Revista Saúde.

São Paulo, fevereiro de 2018 – Atingindo cerca de um bilhão de pessoas em todo o mundo, a hipertensão é uma das doenças que mais mata. Apesar de afetar grande parte da população, a patologia é silenciosa e, por isso, esconde um grande perigo. Para tentar contornar esse cenário, a Associação Americana do Coração e o Colégio Americano de Cardiologia atualizaram as recomendações mundiais para diagnóstico e tratamento da pressão alta. A revista SAÚDE de fevereiro, integrante do portfólio do Grupo Abril, foi entender um pouco mais do que muda e como é possível se prevenir contra a doença.

Leia mais »

Magnésio

CLORETO DE MAGNÉSIO | Benefícios e Contraindicação

O cloreto de magnésio é um suplemento mineral encontrado dissolvido na água do mar; é um sal inorgânico em forma de cristais incolores e com sabor bem amargo. Esse composto químico é indicado para tratar diversos problemas provocados pela deficiência de magnésio no organismo.

O magnésio é um mineral fundamental para manter nosso corpo funcionando corretamente. Ele é responsável pelas mais diversas reações bioquímicas e essencial para prevenir diversos problemas de saúde. É importante para a manutenção dos fluidos nos vasos sanguíneos, dos músculos, ossos e transmissões nervosas, além de regular a pressão arterial, o açúcar no sangue e manter o bom funcionamento das funções renal e imunológica.

Leia mais »

Neurite óptica

NEURITE ÓPTICA | O que é? – Sintomas – Tratamento

O nervo óptico funciona como um condutor que leva os sinais visuais captados pelo olho até o cérebro. Quando esse nervo sofre uma inflamação, essa transmissão se torna ineficiente diminuindo a capacidade de se identificar a forma e o contorno de objetos, e provocando perda da visão. Esse problema é chamado neurite óptica.

A neurite óptica ocorre quando há desmielinização do nervo, ou seja, uma alteração em sua camada mais externa. Esse problema surge de repente e, geralmente, em apenas um dos olhos. A perda temporária da visão pode ser total ou discreta, quando atinge apenas uma parte do campo visual. É comum, também, o paciente sentir dor ao movimentar a órbita ocular.

Leia mais »

HIPERTROFIA DE ADENOIDES | O que é? – Sintomas

Para entendermos o que é a hipertrofia de adenoides, primeiramente é importante sabermos o que é a adenoide. Afinal, é muito comum as pessoas acreditarem que adenoide é um tipo de doença, mas não é.

As adenoides são duas glândulas que, junto com as amídalas compõem o sistema imunológico e são a primeira frente de defesa do organismo contra germes, bactérias e vírus. Elas também produzem anticorpos e ajudam no combate de infecções.

Leia mais »

COMER BATATAS FRITAS PODE AUMENTAR O RISCO DE MORTE

O consumo de batata frita está aumentando em todo o mundo. Em 2014, os americanos consumiram uma média de 50 kg de batatas por pessoa, sendo que 15 kg eram batatas frescas e os restantes 35 kg foram processadas. De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA, a maioria das batatas processadas que os americanos comem são batatas fritas.

As pessoas que comem batatas fritas duas ou mais vezes por semana duplicam o risco de morrer precocemente em comparação com aqueles que as evitam, revelou um estudo recente publicado no American Journal of Clinical Nutrition. Comer batatas que não foram fritas não estava associada a um risco de mortalidade precoce semelhante, observaram os pesquisadores.

Leia mais »

Medifoco - O Nosso Foco é a sua Saúde