AÇAFRÃO-DAS-ÍNDIAS | O que é? – Benefícios

Por: André Duarte | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 29/01/2016

PUBLICIDADE
AÇAFRÃO-DAS-ÍNDIAS

 

O que é o Açafrão-das-Índias?

Açafrão-das-índias, açafrão-da-terra, túmerico ou curcuma, são alguns dos nomes dados a um tubérculo originário da Ásia que é reconhecido pelas suas propriedades anti-inflamatórias, anticancerígenas, e de regressão de complicações como a artrite reumatóide e mesmo Alzheimer. A curcumina, componente ativo e responsável pela cor exótica e pelo sabor intenso do açafrão é a grande protagonista desta especiaria pois é ela que tem fatores protetores para as condições acima descritas.

É do conhecimento científico que a maioria das especiarias possuem uma elevada concentração em antioxidantes o que lhes dá um grande potencial no que toca ao combate de radicais livres e de células cancerígenas. O que era desconhecido da comunidade científica era que o açafrão-das-índias possuía uma das mais elevadas concentrações de antioxidante e de fitonutrientes estudadas até á data.

Benefícios:

Um estudo comparou em doentes com artrite reumatóide o uso desta especiaria com um potente anti-inflamatório (phenylbutazone) e concluiu que ambas melhoram significativamente as dores articulares e a capacidade de locomoção, sendo que o grupo que consumiu apenas açafrão não sofreu nenhum efeito secundário associado, o que não aconteceu com o grupo que recorreu ao anti-inflamatório phenylbutazone.

- PUBLICIDADE -

No que toca ao Alzheimer (7ª principal causa de morte nos EUA), será possível prevenir ou reverter a progressão desta doença? Em 2012 foi realizado um estudo onde os pacientes de Alzheimer tiveram os seus sintomas reduzidos após algumas semanas do consumo de açafrão. Mais espantoso ainda é o caso de uma idosa que tendo começado a perder a memória, ficar desorientada, incontinente e demente incorporou o consumo de açafrão tendo assim reduzido o número de complicações ao ponto de, após um ano, voltar a reconhecer os membros da sua família.

Onde encontrar e como consumir?

Pode encontrar esta especiaria na maioria dos supermercados bem como em lojas de produtos orientais. Recomenda-se o consumo de ¼ de colher de chá por dia para obter o máximo benefícios sem comprometer os riscos associados. Para melhorar a sua biodisponibilidade (capacidade de absorção pelo organismo) podemos usar estratégias como a adição de pimenta preta ou de um pouco de gordura, o que vai possibilitar uma absorção direta para a corrente sanguínea, no entanto, esta combinação não deve ser usada por pessoas grávidas ou com tendência para a formação de pedras renais. (ver: AÇAFRÃO-DAS-ÍNDIAS – CURCUMINA | RISCOS – CUIDADOS).

Suplementos de Curcumina:

Existem no mercado inúmeras marcas de suplementos oferecendo várias gamas de produtos à base de açafrão e/ou curcumina. Caso queira fazer o consumo, tenha em mente a origem do produto e se este segue as normas estabelecidas pelo ministério da saúde, deste modo evitam-se adulterações de produtos.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck