ALTERAÇÕES NA PELE DO RECÉM-NASCIDO

Por: Marina Zanetti | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 05/05/2013

PUBLICIDADE
Hemangioma

 

A pele de um recém-nascido no tempo certo (a termo) é lisa, brilhante, úmida, fina e com coloração rosada, já a pele de um bebê que nasce com menos de 37 semanas apresenta-se muito fina e gelatinosa e a pele de um bebê que nasce com mais de 42 semanas apresenta-se geralmente seca, enrugada e com descamação acentuada.

Como já dito a coloração normal da pele de um recém-nascido é rosada, porém seguem abaixo algumas alterações que podem ser encontradas nestes bebês e que podem ser fisiológicas (normais) ou representarem alguma patologia:

– Palidez acentuada: pode representar um diagnóstico de anemia ou vasoconstrição periférica (os vasos da periferia do corpo se contraem, dificultando assim o sangue chegar até eles.), pode ser grave e deve sempre ser investigado.

– Fenômeno de Arlequim: presença de uma linha que delimita metade do corpo com eritema (vermelhidão) e outro com coloração normal, geralmente é benigno, tem causa desconhecida mas sugere algum grau de instabilidade na circulação vasomotora.

Cianose: é a coloração azulada da pele e é comum em recém-nascidos. Geralmente está presente como cianose de extremidades, quando os dedinhos apresentam-se frios ao toque.

Cianose

Cianose

– Milium sebáceo: é caracterizado por pequenos pontos brancos localizados na base do nariz, queixo e testa, devido a presença de glândulas sebáceas obstruídas em função de hormônios maternos, porém não tem importância clínica e desaparece em poucas semanas.

Milium

Milium

– Lanugo: são os pêlos fininhos que geralmente recobrem a região do ombro, é mais comum em recém-nascidos prematuros e desaparecem em poucos dias.

Lanugo

Lanugo

– Vernix Caseoso: é um material gorduroso e esbranquiçado, comum em recém-nascidos prematuros, cuja função é a proteção da pele e isolamento térmico.

Vernix Caseoso

Vernix Caseoso

– Manchas Mongólicas: são manchas azul-acinzentadas, que se localizam na região próxima aos glúteos e no dorso, devido a imaturidade da pele na migração das células com melanina (responsável pela coloração normal da pele), geralmente está associado a fatores raciais.

- PUBLICIDADE -
Manchas Mongólicas

Manchas Mongólicas

– Eritema tóxico: geralmente aparece nos primeiros dias de vida, tendo causa desconhecida e regridem espontaneamente, apresentam-se como lesões eritematosas multiformes.

Eritema tóxico

Eritema tóxico

– Impetigo: é um tipo de infecção causada por um patógeno conhecido por Staphylococcus aureus, que inicia-se como lesões simples eritematosas, mas que em poucos dias transformam-se em vesículas que podem criar pus ou tornar-se bolhas, que quando se rompem formam crostas amarelo-amarronzadas e podem facilmente contaminar outras crianças. O tratamento pode ser realizado com cremes antibióticos.

Impetigo

Impetigo

– Hemangiomas: são formas vasculares mais extensas e elevadas que podem ter algum significado patológico e por isso devem ser investigadas.

Hemangioma

Hemangioma

– Máculas vasculares: são manchas com coloração salmão e que desaparecem à pressão, geralmente desaparecem em alguns meses e não tem importância clínica.

– Icterícia: conhecido popularmente como “tiriça” é a coloração amarelada da pele e é bastante comum entre os recém-nascidos, porém passa a ser preocupante se aparecer em até 24 horas de vida, pois é normal que se encontre em bebês com idade entre 48 e 120 horas de vida.

– Equimoses: são manchas comuns em recém-nascidos prematuros, relacionando-se a algum trauma sofrido durante o parto.

– Petéquias: São manchas avermelhadas que quando restritas ao rosto não causam preocupação, mas se generalizadas deve haver investigação.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck