AMBLIOPIA | Sinais – Causas – Diagnóstico – Tratamento

Por: Clara Isabela Pereira | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 18/05/2013

PUBLICIDADE
Ambliopia

 

Ambliopia é a redução da acuidade visual, na ausência de anormalidade estrutural do olho. Surge na primeira década de vida, que é a época em que há o desenvolvimento e consolidação das vias ópticas; não havendo agravamento ou aparecimento após essa época e não sendo passível de correção pela utilização de óculos ou lentes de contato, após esta faixa etária. Popularmente é denominada de “olho preguiçoso”, essa afecção pode variar de leve a severa, sendo normalmente unilateral, mas em raros casos, pode afetar ambos os olhos. Esta é a causa mais frequente de perda visual monocular durante a infância e em adultos jovens.

Deve ser feita a diferenciação ente ambliopia funcional e ambliopia orgânica, sendo que esta última refere-se à baixa visão causada por anomalias estruturais do olho ou cérebro, tais como atrofia óptica, cicatrizes maculares ou anóxia cerebral que são independentes da estimulação sensorial. A ambliopia funcional tende a ser reversível quando tratada precocemente na infância, enquanto que a ambliopia orgânica não melhora.

Causas e formas clínicas:

– Ambliopia por estrabismo: perda da acuidade visual decorrente de supressão cerebral das imagens do olho não fixador (o cérebro da criança apaga a imagem não fixada para evitar ambliopia).
– Ambliopia anisometrópica: ocorre quando um dos olhos apresenta um erro de refração significativamente diferente do outro, em geral maior que três dioptrias, causando diferença no tamanho da imagem percebida pelo cérebro.
– Ambliopia refracional: decorrente de um erro de refração não corrigido, resultando em borramento visual em um ou nos dois olhos.
– Ambliopia de privação visual relativa ou completa em um dos olhos: pode ser causada por uma anormalidade congênita ou adquirida nos primeiros anos de vida.

- PUBLICIDADE -

Quadro clínico:

A ambliopia é caracterizada por redução da acuidade visual, sem alterações oculares anatômicas que justifiquem tal deficiência. Em geral, a acuidade visual é melhor com optotipos isolados do que com os apresentados em tabelas.

Comprovação diagnóstica:

O diagnóstico da ambliopia é feito baseado na história clínica e pela exclusão de causas orgânicas que reduzem a acuidade visual.

Tratamento:Ambliopia - Tratamento

A ambliopia nunca se corrige de forma espontânea. A correção do distúrbio subjacente deve ser feita o mais rápido possível. Correção total do erro de refração e/ou oclusão do olho com melhor visão para estimular o desenvolvimento visual do olho com ambliopia em crianças com até 7 anos de idade. Tratamento com tampão, óculos e correção cirúrgica de estrabismo, catarata e ptose pode resultar em excelente prognóstico visual, quando instituído precocemente.

Evolução e prognóstico:

Possibilidade de recuperação visual total quando o tratamento é precoce. Quando não se institui tratamento adequado precocemente, pode ocorrer perda visual permanente.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck