ANABOLIZANTES | Um vilão disfarçado

Por: Lucas Gabriel Coelho | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 07/04/2015

PUBLICIDADE
Anabolizantes

 

Ter um corpo bonito, cheio de músculos, que cause inveja e atraia o sexo oposto é o sonho de muitas pessoas, que em muitos casos para terem seus sonhos concretizados recorrem às mais variadas técnicas e práticas. São exercícios, dietas e muitas outras atividades em busca do corpo perfeito, com o desejo único de ter o máximo de resultados no mais curto espaço de tempo possível. É nessa situação em que milhares de jovens, na maioria homens, deixam de lado práticas naturais e saudáveis e recorrem a métodos um tanto quanto perigosos, que podem trazer sequelas durante toda a vida da pessoa ou até mesmo serem fatais.

O uso de esteróides anabolizantes sem prescrição médica é uma triste realidade, onde pessoas recorrem ao método para ter uma melhor estética, mas muitos não conhecem as consequências que tal ato pode acarretar, trazendo grandes transtornos futuramente.

A origem do uso de anabolizantes vem do uso médico para tratamentos de doenças e disfunções hormonais, mas pelos seus efeitos alcançou as academias e praticantes de musculação. Muitos desses anabolizantes são preparados para animas sendo que o uso em humanos vem aumentando cada vez mais.

Basicamente a maioria dos anabolizantes são feitos à base de hormônios, com destaque à testosterona, presente tanto em homens como em mulheres. A testosterona é o principal hormônio masculino, responsável por controlar várias funções do corpo, como produção de pêlos, cabelos, o tom da voz, produção de espermatozóides e crescimento dos músculos. É em busca do aumento muscular que as pessoas recorrem ao seu uso, porém esquecem das outras inúmeras funções do hormônio.

- PUBLICIDADE -

Consequências

O uso de esteróides na medicina foi com o objetivo de suprir a necessidade de indivíduos que tinham baixas taxas no corpo, porém o uso em pessoas com valores normais, o organismo interpreta que há uma nova fonte de produção de hormônios e não se faz mais necessário essa produção natural.

Com a introdução dessas substâncias no corpo, o usuário de anabolizantes pode estar abrindo caminho para uma série de disfunções e doenças, pois tais medicamentos irão alterar as funções do organismo, desregulando totalmente suas atividades. Os principais efeitos do uso de anabolizantes são: aumento de espinhas (acnes), queda de cabelo, disfunções no fígado, ocorrência de coágulos sanguíneos, impotência sexual, entre outros.

Já mulheres que fazem o uso de anabolizantes podem começar a apresentar característica masculinas por todo o corpo, como aumento de músculos, engrossamento da voz e presença de pêlos mais grossos em lugares tipicamente masculinos, como a barba. Já os homens podem apresentar ginecomastia, que é o aparecimento de mama em homens.

No desejo de ter um corpo musculoso, usuários de anabolizantes se fazem leigos dos seus efeitos colaterais. Ter uma aparência bonita pode ser alcançada de forma saudável através de exercício físico e uma boa alimentação.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck