ANOSMIA | Significado – Causas – Tratamentos

Por: Tiago Zenero | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 29/07/2015

PUBLICIDADE
Anosmia

 

Anosmia é uma palavra pouco conhecida pelo público. A complicação se refere à perda do olfato, que pode ser um problema sério ou apenas um sintoma de alguma outra doença. Dessa forma, ela pode ser temporária, como no caso de quando estamos resfriados, ou permanente.

Causas

A anosmia geralmente ocorre por irritação na membrana mucosa que reveste o interior do nariz. Nesses casos, a complicação acontece graças a: sinusite aguda, resfriado comum, rinite alérgica, gripe.

Há também a possibilidade de obstrução das passagens nasais. Nessa situação, acontece de algo físico estar bloqueando a passagem de ar. Isso pode ocorrer devido a: deformidades ósseas dentro do seu nariz, pólipos nasais ou tumores.

Uma terceira causa da anosmia consiste em danos no cérebro ou nos nervos, uma vez que o sistema olfativo é constituído por receptores no revestimento mucoso do nariz que levam informações através dos nervos para o cérebro. Qualquer dano em alguma parte desse sistema pode levar à anosmia parcial ou completa.

Esse último caso é comum porque pode decorrer de diversos fatores, que incluem: idade avançada, doença de Alzheimer, aneurisma cerebral, cirurgia cerebral, tumor cerebral, exposições químicas a determinados inseticidas ou solventes, diabetes, doença de Huntington, síndrome de Kallmann, síndrome de Klinefelter, psicose de Korsakoff, desnutrição, medicamentos voltados para pressão arterial elevada, esclerose múltipla, atrofia de múltiplos sistemas, doença de Paget, doença de Parkinson, doença de Pick, radiação, rinoplastia, esquizofrenia, síndrome de Sjogren, lesão traumática cerebral, deficiência de zinco, lesão na cabeça, entre outros.

- PUBLICIDADE -

Fatores de risco e complicações

Fumar é o principal fator de risco para a anosmia. O envelhecimento também favorece a doença, portanto pessoas com mais de 60 anos têm maiores chances de desenvolver o problema. Aproximadamente 75% das pessoas com mais de 80 anos e 50% daquelas entre 65 e 80 anos sofrem de anosmia.

Uma complicação para quem adquire a doença é a perda do paladar. Isso acontece porque o olfato está diretamente ligado ao paladar. Portanto, quando a pessoa não consegue sentir o aroma do alimento, ela também terá dificuldade em sentir seu gosto.

Essa condição pode acabar gerando um problema ainda mais grave do que comer alimentos sem gosto, pois o paciente pode deixar de comer o suficiente e entrar em um quadro de desnutrição.

Além disso, o fato de não sentir aromas pode levar à depressão e também colocar o indivíduo em situações perigosas, como quando a pessoa não conseguir perceber o cheiro de fumaça de um incêndio ou cheiro de gás vazando.

Tratamentos

O tratamento depende muito da causa da anosmia. Se ela é decorrente de uma gripe ou resfriado, provavelmente desaparecerá em poucos dias; porém, há algumas medidas que podem auxiliar, como: uso de descongestionantes, anti-histamínicos, sprays nasais esteroides, antibióticos; redução à exposição a substâncias que causam alergia; parar de fumar.

Se a condição estiver ligada à obstrução da passagem nasal, o tratamento deve requerer cirurgia para retirar o que estiver levando a esta obstrução.

Quando a causa é a idade avançada, a anosmia não possui tratamento.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck