ASPERGILOSE | Causas – Sintomas – Diagnóstico – Tratamento

Por: Ana Carolina Carvalhal | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 08/10/2012

PUBLICIDADE

É uma micose causada por fungos do gênero Aspergillus e que compromete principalmente os pulmões. Por ser uma infecção oportunista, deve ser lembrada em pacientes com baixas defesas.
Em geral, os fungos desenvolvem-se dentro de uma cavidade preexistente (cavitação tuberculosa, bronquiectasia), formando uma “bola fúngica”, denominada de aspergiloma, constituída por hifas, fibrina, exsudato e células inflamatórias. Os principais achados histopatológicos são focos necróticos e hemorrágicos dos pulmões.Tosse, sibilos, estertores, roncos, expectoração mucosa, hemoptise (tosse com sangue), febre, lesões cutâneas, toxemia e manifestações neurológicas são os principais sinais e sintomas encontrados.

Os fatores de risco incluem:  DPOC, bronquiectasia, tuberculose,neoplasia pulmonar maligna, neutropenia (diminuição dos neutrófilos, células que ajudam na defesa do corpo), uso de corticóides e asma brônquica.

Exames Complementares:

- PUBLICIDADE -

– Rx tórax- infiltrados nodulares ou irregulares progredindo para consolidação e cavitação, massa intracavitária arredondada envolvida por uma delgada camada de ar (aspergiloma);
– Hemograma- eosinofilia;
– Cultura de escarro e lavado broncoalveolar;
– Teste cutâneo;
– Testes sorológicos;
– Dosagem de IgE;
– Biópsia.

Tratamento:

Tratamento da doença subjacente;

Forma alérgica: broncodilatores, corticóides, anfotercina B ou flucitosina ou itraconazol.

Aspergiloma: ressecção cirúrgica da cavidade colonizada pelo Aspergillus.

PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Medifoco - O Nosso Foco é a sua Saúde