Arquivos da Categoria: ‘Ginecologia e Obstetrícia’

DOENÇA CARDÍACA E GRAVIDEZ

Apesar da assistência às pacientes cardiopatas, a doença cardíaca continua sendo uma das complicações médicas mais importantes da gestação e é considerada a causa não obstétrica mais comum de mortalidade materna. A cardiopatia reumática é a mais frequente em nosso meio, seguida pelas etiologias chagásica e congênita. Dentre as cardiopatias congênitas, as mais frequentes são: […]

A BOLSA ESTOUROU? ROTURA PREMATURA DAS MEMBRANAS OVULARES | Amniorrexe Prematura

A amniorrexe prematura ou rotura prematura de membranas é caracterizada como a rotura espontânea das membranas amnióticas antes do início do trabalho de parto e após a 20ª semana de gestação, pois se ocorrer antes desse período é considerada abortamento.

ECLÂMPSIA E PRÉ-ECLÂMPSIA | Toxemia Gravídica

A toxemia gravídica é uma patologia que geralmente ocorre ao final da gestação, caracterizada por manifestações clínicas como hipertensão arterial (pressão alta), edema (inchaço) e proteinúria (perda de proteína pela urina). Nos casos mais graves instalam-se convulsões e passa a ser chamada de eclâmpsia, caso não haja convulsão é então chamada de pré-eclâmpsia.

SANGRAMENTOS DA SEGUNDA METADE DA GESTAÇÃO

Geralmente os sangramentos da primeira metade da gestação são caracterizados pelos abortos e suas diferentes classificações (ameaça de aborto, abortamento inevitável, abortamento incompleto, abortamento completo, abortamento infectado, abortamento retido e abortamento habitual), já os sangramentos da segunda metade geralmente ocorrem devido a placenta prévia, descolamento prematuro de placenta, rotura de vasa prévia ou rotura uterina,que […]

GRAVIDEZ PROLONGADA | O Bebê Pós-Termo

Gravidez ou gestação prolongada ou pós-termo é aquela que alcança ou ultrapassa 42 semanas completas de gestação, equivalentes a 294 dias. Pós-datismo é aquela gestação com duração superior a 42 semanas, não sendo necessariamente pós-termo.

GRAVIDEZ DE GÊMEOS | Gestação Gemelar

A Prenhez gemelar, ou gestação gemelar teve sua incidência aumentada nos últimos tempos devido alguns fatores, como por exemplo o uso de drogas indutoras de ovulação, a reprodução assistida, a idade materna avançada e ao fatores nutricionais (mulheres altas e com sobrepeso). Também são fatores de risco para a gestação gemelar, a história materna positiva […]

ROTURA UTERINA | Complicação na Gravidez

É o rompimento parcial ou total do miométrio durante a gravidez ou o trabalho de parto, ocorrendo comunicação da cavidade uterina com a abdominal e extrusão do feto e de suas partes. É uma das mais graves complicações gestacionais e pode ocasionar tanto morte materna quanto fetal.

ERITROBLASTOSE FETAL | Doença Hemolítica

A doença hemolítica perinatal, também conhecida como eritroblastose fetal é uma doença decorrente da produção de anticorpos maternos a partir do fator Rh, contra antígenos presentes no sangue fetal.

ACRETISMO PLACENTÁRIO

O acretismo placentário nada mais é que a aderência anormal da placenta na parede uterina e sua base histopatológica consiste na ausência ou na desordem da decídua basal. A aderência placentária anormal pode se dar de três formas: Placenta acreta, quando os cotilédones se aderem diretamente ao miométrio, increta quando se verifica histologicamente invasão miometrial […]

GRAVIDEZ ECTÓPICA E TUBÁRIA

Gravidez ectópica é toda aquela que ocorre fora da cavidade uterina. Ocorre em aproximadamente 01% de todas as gestações, e destas cerca de 98% é gestação tubária.  

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck