CATETERISMO CARDÍACO – ANGIOGRAFIA OU ARTERIOGRAFIA CORONÁRIA

Por: Luiz Manoel da Costa Neto | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 29/07/2012

PUBLICIDADE
Cateterismo cardíaco

 

Definição:

Cateterismo cardíaco (angiografia ou arteriografia coronária) é um exame pelo qual avaliamos o suprimento sanguíneo com a presença ou não de entupimento nas artérias do coração devido às “placas de gordura”, além do funcionamento das válvulas e do músculo do coração.  Um tubo longo, fino e flexível, chamado cateter, é colocado dentro de um vaso sanguíneo no braço, coxa ou pescoço, e levado até o coração. Através do aparelho de raio X, os médicos monitoram o cateter e podem fazer diagnósticos e tratamentos no coração.

Motivos para o procedimento:

É utilizado para procurar a causa de sintomas, como dor no peito, o que pode significar problemas do coração.

O cateterismo cardíaco ajuda os médicos a:

– Identificar artérias do coração estreitas ou obstruídas;
– Medir a pressão sanguínea no coração;
– Avaliar a função das câmaras e válvulas cardíacas;
– Verificar defeitos do coração;
– Avaliar um coração alargado;
– Decidir sobre o tratamento apropriado.

Possíveis complicações:

Se você precisar realizar uma cateterização cardíaca, seu médico analisará uma lista de possíveis complicações, que podem incluir:

– Sangramento no local de incisão do cateter;
– Danos às artérias;
Ataque cardíaco ou arritmia (batimentos cardíacos anormais);
– Reação alérgica ao contraste de radiografia;
– Formação de coágulos de sangue;
– Infecção.

Entre os fatores que podem aumentar o risco de complicações estão:

Alergias a medicamentos ou contraste de radiografia;
Obesidade;
Tabagismo;
– Distúrbios de sangramento;
– Idade: 60 anos ou mais;
– Pneumonia recente;
– Ataque cardíaco recente;
Diabetes;
– Doença renal.

Antes do procedimento:

O médico pode solicitar:

– Exames de sangue e urina;
Eletrocardiograma (ECG): um exame que registra a atividade cardíaca pela medida da corrente elétrica que percorre o músculo do coração;
Raio X de tórax;
– Exame de esforço.

Converse com o médico sobre seus medicamentos. Você pode precisar interromper alguns medicamentos antes do procedimento, como:

– Medicamentos anti-inflamatórios (p. ex., ibuprofeno);
– “Afinadores do sangue”, como o AAS e a varfarina;
– Clopidogrel;
– Metformina.

Preparação para seu procedimento:

– Organize o transporte de ida e volta para o procedimento;
– Na noite anterior, não beba nem coma após a meia-noite.

Anestesia:

Será usada anestesia local no local da inserção. Um sedativo leve pode ser dado uma hora antes ou por via intravenosa durante o procedimento. Isso o ajudará a relaxar.

Descrição do procedimento:

Durante o procedimento, você receberá fluido e medicamentos por via intravenosa. Um ECG (eletrocardiograma) irá monitorar a sua atividade cardíaca.

Você ficará acordado, mas sedado para que se sinta mais relaxado. O seu médico pedirá que você realize funções básicas, como tossir, inspirar e segurar a respiração. Se você sentir qualquer dor no peito, tontura, náusea, formigamento ou outro desconforto, fale para o seu médico.

A área da virilha ou do braço onde o cateter será inserido é raspada, limpa e anestesiada. Uma agulha será inserida em um vaso sanguíneo. Um fio será passado por meio da agulha no vaso sanguíneo. O fio será então guiado até que atinja seu coração. Em seguida, um tubo de cateter macio e flexível é passado pelo fio e inserido no coração.

O médico obterá imagens por raio X durante o procedimento, a fim de saber onde o fio e o cateter estão. Será injetado corante nas artérias do coração. Isso exibirá as artérias e o coração nas imagens de raio X. Você poderá sentir um calor durante a injeção de contraste.

Inserção do cateter com fio-guia :

- PUBLICIDADE -

Assim que estiver no local, o cateter poderá ser usado para realizar medições. A pressão sanguínea pode ser medida nas diferentes câmaras do coração. Também podem ser emitidas amostras de sangue. Várias imagens de radiografia serão obtidas para verificar se há alguma doença nas artérias. Um aortograma também pode ser feito nesse momento. Essa etapa fornecerá uma imagem clara da aorta (artéria grande saindo do coração). Assim que todos os exames e imagens tiverem sido concluídos, o cateter será removido.

Às vezes, o médico realizará uma angioplastia com balão e colocará um stent se detectar uma área em suas artérias que está estreita e obstruída. Esses são procedimentos que ajudam a abrir artérias estreitadas.

Por fim, será aplicada uma atadura na área da virilha ou braço.

Duração aproximada:

O procedimento dura de 1 a 2 horas. A preparação antes do exame levará mais 1 a 2 horas.

Qual será o nível de dor?

Embora o procedimento geralmente não seja doloroso, ele pode causar algum desconforto, incluindo:

– Sensação de queimação (quando a pele no local de inserção do cateter é anestesiada);
– Pressão quando o cateter é inserido ou na troca de cateteres;
– Uma sensação de calor ou náusea quando o contraste é injetado;
Dor de cabeça;
– Palpitações cardíacas.

Quando necessário, podem ser administrados medicamentos para dor.

Qual o tempo médio de permanência no hospital?

0 a 1 dia

Cuidados pós-operatórios:

No centro de cuidados:

– Podem ser realizados o ECG e análises do sangue;
– Provavelmente, você precisará ficar deitado por um período. Um curativo de pressão pode ser posicionado na área em que o cateter foi inserido, a fim de ajudar a impedir sangramento. É importante seguir as instruções das enfermeiras.

Em casa:

Quando você voltar para casa, faça o seguinte para ajudar a garantir uma recuperação tranquila:

– Não dirija por 72 horas;
– Não levante objetos pesados nem faça exercícios extenuantes ou mantenha relações sexuais por, pelo menos, 5 a 7 dias;
– Troque o curativo na área da incisão conforme instruído;
– O médico explicará a você quais medicamentos você pode tomar e quais evitar. Tome os medicamentos conforme instruído;
– O gelo pode ajudar a diminuir o desconforto no local da inserção. Nos primeiros dias, você pode aplicar gelo por 15 a 20 minutos por hora;
– Para reduzir seu risco de ter mais complicações da doença do coração, você pode mudar seu estilo de vida. Isso inclui ter uma dieta mais saudável, exercitar-se regularmente e administrar o stress;
– Siga as instruções do médico.

Entre em contato com seu médico:

Após chegar em casa, entre em contato com o médico se ocorrer um dos seguintes casos:

– Sinais de infecção, incluindo febre e calafrios;
– Vômito, náusea ou suor extremo;
– Alteração na sensação da perna afetada, incluindo dormência, sensação de frio ou alteração na cor;
– Vermelhidão, inchaço, dor cada vez mais forte, sangramento em excesso ou secreção no local de inserção do cateter;
– Tosse falta de ar ou dificuldade de respirar;
– Dor extrema;
– Dor no peito;
– Músculos faciais frouxos;
– Alterações na visão ou fala;
– Dificuldade de caminhar ou usar os membros inferiores.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck