CLORETO DE MAGNÉSIO | Benefícios e Contraindicação

Por: Iramar Greco | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 14/01/2018

PUBLICIDADE

Magnésio

O cloreto de magnésio é um suplemento mineral encontrado dissolvido na água do mar; é um sal inorgânico em forma de cristais incolores e com sabor bem amargo. Esse composto químico é indicado para tratar diversos problemas provocados pela deficiência de magnésio no organismo.

O magnésio é um mineral fundamental para manter nosso corpo funcionando corretamente. Ele é responsável pelas mais diversas reações bioquímicas e essencial para prevenir diversos problemas de saúde. É importante para a manutenção dos fluidos nos vasos sanguíneos, dos músculos, ossos e transmissões nervosas, além de regular a pressão arterial, o açúcar no sangue e manter o bom funcionamento das funções renal e imunológica.

Em geral, uma alimentação balanceada é capaz de fornecer a quantidade diária para suprir a necessidade do organismo. Os alimentos mais ricos em magnésio são: nozes e castanhas, grãos integrais, feijão, milho, leite, abóbora, vegetais de folhas verdes, algas marinhas e peixes de águas frias.

Mas, para algumas pessoas, apenas a alimentação não é suficiente. É o caso de quem toma certos medicamentos, como diuréticos, remédios para hipertensão e antibióticos; tem diabetes mal controlada, sofre de alcoolismo ou tem problemas de má absorção intestinal e do estômago, entre outras. Esse grupo está mais sujeito a apresentar falta de magnésio no sangue.

Os sintomas que podem indicar falta de magnésio no organismo são: náusea, fadiga, fraqueza, contrações musculares e câimbra, arritmia, formigamento e dormência.

O uso como suplemento nutricional, pode prevenir uma série de problemas provocados pelo baixo nível de magnésio no sangue, entre eles a redução da absorção de cálcio, potássio e outros minerais.

- PUBLICIDADE -

Benefícios do Magnésio:

Entre os benefícios estão: aumento de algumas funções cerebrais aprimorando a memória e o aprendizado; maior absorção de cálcio, fortalecendo os ossos e prevenindo a osteoporose; melhora na circulação sanguínea minimizando o risco de hipertensão e outros problemas cardiovasculares. O cloreto de magnésio também atua no sistema imunológico e ajuda no combate a infecções; além de prevenir e tratar enxaqueca e dores de cabeça; amenizar o estresse, a depressão e a ansiedade; e melhorar a digestão.

Efeitos colaterais e contraindicação do Magnésio:

Em geral, o cloreto de magnésio é bem tolerado, mas algumas pessoas podem apresentar efeitos colaterais como enjoo, vômito e diarreia. É preciso, também, ficar atento à dosagem, porque, se a falta de magnésio no organismo é ruim, em excesso também é bem perigoso; por isso, antes de consumir é preciso saber se há ou não necessidade da suplementação. O uso indiscriminado ou uma dose diária muito alta pode provocar intoxicação, dificuldade respiratória, fraqueza muscular, afetar o sistema nervoso, aumentar a pressão arterial e, em caso extremo levar ao coma.

O cloreto de magnésio é contraindicado para pessoas que apresentam insuficiência renal, úlcera estomacal ou desidratação. O suplemento também deve ser evitado por quem faz uso de medicamentos para osteoporose ou doença de Paget, reposição do hormônio da tireóide ou usa anfetaminas indicadas para déficit de atenção e hiperatividade.

Vale lembrar: antes de se automedicar, consulte o seu médico; ele pode indicar exames para avaliar o nível sanguíneo do eletrólito e, se necessário iniciar um tratamento.

PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: *

Medifoco - O Nosso Foco é a sua Saúde