CÓLICAS | Cólica Menstrual e Síndrome do Intestino Irritável

Por: Tiago Zenero | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 21/05/2014

PUBLICIDADE
Cólicas

 

A cólica é uma dor intensa que acontece nos órgãos ocos, principalmente o estômago, intestino e útero. A dor geralmente aumenta gradualmente, até alcançar um pico extremo de intensidade, seguida de certo alívio.

Neste texto falaremos de dois distúrbios causadores cólicas, são eles: as cólicas menstruais e a síndrome do intestino irritável.

Cólica Menstrual:

A cólica menstrual é provocada pela liberação de prostaglandina, a substância que faz o útero contrair para eliminar o endométrio, através do sangramento durante a menstruação. Tal processo ocorre quando o óvulo não foi fecundado. Cerca de 50% das mulheres apresentam cólica menstrual.

Ela é ainda dividida em primária e secundária, sendo a primária quando há aumento na produção de prostaglandina pelo endométrio e a outra quando há alterações patológicas no aparelho reprodutivo, que dependendo do caso pode até ser um tumor.

O principal sintoma da cólica menstrual é a dor no ventre. A intensidade é variável, mas muito frequentemente ela se espalha para as costas e membros inferiores, principalmente na hora da menstruação.

A dor, em certos casos, pode ser tão forte, aguda e intermitente que incapacita a mulher por determinado período. Quando extremamente intensa, além da dor, outros sintomas como náuseas, vômitos, dor de cabeça e nas mamas também podem surgir.

Na hora do diagnóstico, é imprescindível o médico diferenciar se a cólica menstrual é primária ou secundária, assim o tratamento certo pode ser aplicado.

- PUBLICIDADE -

Se for diagnosticada com cólica primária, a paciente pode realizar a prática de exercícios aeróbicos que ajudam a liberar endorfina, assim como incorporar uma dieta rica em fibras. Agora, se a cólica for secundária, o caso é mais grave e pode haver a necessidade de uma cirurgia. Para aliviar a dor, contudo, em ambos os casos, há o recurso do uso de medicamentos antiinflamatórios não-esteróides, os quais devem ser prescritos pelo médico ou especialista.

Síndrome do intestino irritável:

A síndrome do intestino irritável, também conhecida popularmente com os nomes de cólon espástico ou doença intestinal funcional, é uma doença funcional crônica. Assim, não causa lesão orgânica no intestino, mas sim uma grande dor e desconforto na região abdominal.

Ela geralmente se manifesta na juventude e seus principais sintomas são fortes dores abdominais com cólica, distensão abdominal por gases, inchaço abdominal, flatulência, muco nas fezes, obstipação (intestino preso, constipação severa, obstrução intestinal) ou diarreia. Em casos extremamente graves, o paciente pode apresentar uma incapacidade comparável a deficientes motores.

A principal causa da síndrome é o desequilíbrio da serotonina no organismo, hormônio que atua tanto no humor quanto na regulação dos movimentos peristálticos do intestino. Assim, a melhor maneira de iniciar o tratamento é através da mudança de hábitos, como diminuir situações estressantes e que causem nervoso e ansiedade. Mudança no hábito alimentar também é recomendada. Alimentos com mais fibras e menos gordurosos são ideais para o intestino.

Há também certos medicamentos que auxiliam no tratamento da doença, mas o remédio mais propício para cada caso deve ser recomendado pelo médico depois do diagnóstico da doença e da análise dos sintomas.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck