DOENÇA DE CROHN E RETOCOLITE ULCERATIVA

Por: Marina Zanetti | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 08/10/2012

PUBLICIDADE
Doença de crohn e retocolite

 

Tanto a Doença de Crohn quanto a Retocolite Ulcerativa são doenças inflamatórias intestinais, causadas pela resposta exagerada do sistema imune à flora normal intestinal.

São pouco freqüentes, sendo mais comuns quando há história familiar, e o consumo de dieta rica em conservantes também pode induzir o aparecimento de tais patologias. O tabagismo está relacionado com o aparecimento da Doença de Crohn. Ocorrem geralmente em adultos jovens (15 a 25 anos de idade).

Doença de Crohn:

È uma patologia que pode acometer todo o tubo digestivo, desde a boca até o ânus, (incluindo esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso, reto e ânus), porém o mais comum é o acometimento do intestino delgado.

Esta é uma doença transmural, ou seja, ela atinge todas as camadas do órgão (mucosa, submucosa, muscular e serosa), podendo ocasionar úlceras profundas que podem perfurar.

Através de exames complementares é possível ver a presença de um Plastrão, que nada mais é do que uma gordura em “trepadeira” que tenta bloquear as áreas inflamadas, é possível também ver o mesentério edemaciado (inchado) e espessado, sendo que a luz do órgão (local por onde passa os alimentos) se torna estreitada.

Sinais e Sintomas:

Há presença de sintomas discretos ou diarréia a longo prazo, febre e dor abdominal com crises que se associam a estresse, podendo haver também hemorragia e sangue oculto nas fezes.

Retocolite Ulcerativa:

É uma patologia limitada ao cólon, seu início é sempre no reto com ascenção retrógrada contínua que atinge até o ceco.

- PUBLICIDADE -

Ela também é uma lesão que atinge apenas mucosa e submucosa.

É mais comum entre mulheres brancas, entre 20 e 25 anos de idade, e geralmente não está relacionada ao tabagismo.

Através de exames complementares é possível notar que não há espessamento da mucosa, e principalmente ela é uma lesão contínua.

Sinais e Sintomas:

Geralmente há desconforto abdominal (sem presença de dor), diarréia com presença de sangue nas fezes, cólicas e dor perianal.

Retocolite ulcerativa

Tanto o diagnóstico da Doença de Crohn, quanto o diagnóstico da Retocolite Ulcerativa, são dados por um médico gastroenterologista, que através de uma boa anamnese e um bom exame físico, associados a exames complementares como Endoscopia Digestiva alta e Colonospia difere uma doença da outra e indica qual o melhor tratamento para o caso.

Tratamentos:

Quando diagnosticada uma Retocolite Ulcerativa, seu tratamento pode incluir além de medicamentos orais, também a cirurgia, que é recomendada apenas quando há indicações.

Já o tratamento da Doença de Crohn, é apenas manter o controle sintomático e otimizar a qualidade de vida do paciente, já que é uma doença incurável, neste caso pode também haver a possibilidade da realização de tratamento cirúrgico, em casos de doença grave.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck