ENTENDA O QUE É O COMA

Por: Gilberto Frota | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 27/08/2012

PUBLICIDADE
Coma

 

O que é?

 Estado em que a pessoa fica inconsciente e não pode ser acordado por estímulo sensorial, embora permaneçam as atividades da circulação sangüínea e a respiração.

Pode ser do tipo:

Vegetativo persistente: não tem percepção com o meio ambiente. Permanece com os olhos abertos, que parecem algumas vezes estar acompanhando as pessoas. Tem reflexos intensos como mastigação e deglutição. Fala de forma rudimentar.
Mutismo acinético: Paciente mantém-se me vigília, mantendo seu ciclo do sono, acompanha o movimento dos olhos, porém não consegue mover as mãos e os pés voluntariamente, não fala e sem expressão a dor.
Estados confusionais agudos: também denominado delirium. É um estado de alteração mental, com uma percepção errada do meio ambiente, ocasionando uma falta de atenção, pensamentos incoerentes e movimentos desordenados.

O que causa:

– Hemorragia;
– Infarto;
– Tumor;
– Traumatismo do crânio e do encéfalo;
– Hemorragia cerebelar;
– Infarto cerebelar;
– Tumor cerebelar;
Meningite;
– Insuficiência hepática;
Insuficiência renal;
– Insuficiência pulmonar;
Deficiência de vitamina B12 e ácido fólico;
– Álcool;
– Medicamentos.

- PUBLICIDADE -

Sinais e Sintomas:

– Comprometimento da consciência, com relação a abertura dos olhos, resposta motora e reflexo verbal;
– Bradicardia (diminuição do batimento do coração);
Pressão arterial normal, aumentada ou diminuída (depende da causa);
– Temperatura normal, aumentada ou diminuída (depende da causa);
– Respiração normal, aumentada ou diminuída;
– Pupilas isocóricas (do mesmo tamanho), anisocórica (tamanho das pupilas diferentes), midríase (pupilas pequenas) e miose (pupilas aumentadas);
Glicemia (o quanto de açúcar tem no sangue) normal, aumentada ou diminuída;
– Mordedura da língua (convulsão);
– Rinorragia: hemorragia (sangramento) através do nariz;
– Otorragia: hemorragia (sangramento) através do ouvido.

Pode confundir com (diagnóstico diferencial):

– Catatonia;
– Transtornos psiquiátricos;
– Anestesia geral.

Tratamento:

– Estabilização da respiração;
– Proteção das vias respiratórias;
– Manutenção da pressão arterial;
– Esvaziamento do estômago por sonda;
– Meias compressivas;
– Mobilização dos membros;
– Mudança freqüente da posição e/ou colchão de água para evitar úlceras;
– Tratamento da causa.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck