EXAME FAN (FATOR ANTINUCLEAR) | Entenda o Exame

Por: Carla Ciriani Pedroso | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 30/01/2015

PUBLICIDADE
Lupus - FAN

 

O que é o FAN? 

Fator antinúcleo (FAN) ou exame para pesquisa de anticorpos antinúcleo (ANA) ou pesquisa de anticorpos contra antígenos celulares (PAAC).

O FAN é um exame utilizado para a triagem de lúpus eritematoso sistêmico e outras doenças auto-imunes. A interpretação do resultado sempre deverá estar associada à clínica, aos padrões de depósito da fluorescência observada na célula-alvo e positividade máxima da diluição. Assim, o resultado positivo pode ser marcador de determinadas doenças, ter significado prognóstico ou não ter um significado importante quanto à presença de doenças auto-imunes. Esse exame isolado não possui significado patológico. Alguns indivíduos podem seguir décadas com autoanticorpos circulantes (resultado positivo) sem desenvolver qualquer sinal de doenças.

É indispensável solicitar o FAN quando existe a suspeita clínica de doenças auto-imunes, com enfoque para as colagenoses como: lúpus eritematoso, artrite reumatóide, esclerodermia, dermatomiosite, síndrome de Sjögren, síndrome mista e de sobreposição.

O FAN pode ser positivo em pessoas sadias, doenças crônicas (cirrose biliar), uso de drogas, infecções virais agudas e processos neoplásicos.  Nem sempre a antigenicidade se traduz em doença. Pode estar presente em familiares sadios de portadores de lúpus eritematoso, artrite reumatóide e outras colagenoses (dependência da característica familiar, antígenos de histocompatibilidade e outros fatores desconhecidos).

Não se pode esquecer de considerar o nível de autoimunidade fisiológica ou basal, o qual pode flutuar na dependência de sobrecargas a que o sistema imunológico seja exposto. Diluição do FAN em pessoas sadias normalmente não ultrapassa 1/60 (positivo para 60 diluições). A positividade é maior em mulheres acima dos 14 anos, mas também pode estar presente em pessoas acima dos 60 anos (falso-positivo), não tendo nenhum significado de doenças, independente da raça.

Como funciona o exame:

- PUBLICIDADE -

O substrato utilizado para a realização do exame FAN pode ser proveniente de células do fígado de rato ou células humanas do tumor de laringe (células HEp-2). As células de rato não podem expressar todos os componentes proteicos identificados para os seres humanos, mas tem a desvantagem ter sensibilidade próxima à 100% e expressar elementos intracelulares antigênicos sem significado patogênico. Mesmo assim, é preferível usar as células Hep-2 devido a quase ausência de possibilidade de FAN falso-negativo. Ao encontrar resultado positivo,  deve-se  pesquisar anticorpos peculiares de patologias auto-imunes através de técnicas específicas. Procurar alterações nos exames: hemograma, urina I, proteína C-reativa (PCR), velocidade de hemossedimentação (VHS), enzimas hepáticas e musculares. A positividade significa a presença de anticorpo contra elementos do núcleo celular, citoplasma e nucléolo. Mesmo sendo inespecífica, indica a pesquisa específica para a doença suspeita. Exame: positivo ou reagente, diluição máxima em múltiplos de 1/40, localização da reação e padrão de depósito observado.

Doenças autoimunes que podem ter o exame positivo para o FAN:

– Lúpus eritematoso sistêmico;
– Esclerodermia;
– Síndrome de Sjögren;
– Doença mista do tecido conjuntivo;
– Lúpus induzido por drogas;
– A polimiosite / dermatomiosite;
– A artrite reumatóide;
– Outras artrites;
– As doenças da tireóide (tireoidite de Hashimoto, doença de Graves);
– doenças gastrointestinais (hepatite auto-imune, cirrose biliar primária, doença inflamatória do intestino);
– doenças pulmonares (fibrose pulmonar idiopática).

Doenças infecciosas também podem cursar com FAN positivo:

– As infecções virais (hepatite C, parvovirose);
– As infecções bacterianas (tuberculose);
– As infecções parasitárias (Esquistossomose).



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck