FASCITE PLANTAR | O que é? Causas – Sintomas – Prevenção

Por: Iramar Greco | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 20/04/2017

PUBLICIDADE

A dor aparece pela manhã, logo ao levantar da cama, colocar os pés no chão e dar os primeiros passos. Atinge o meio da sola do pé e pode chegar ao calcanhar; é pior no início da caminhada, mas melhora com o tempo. Pode aparecer também à noite ou após longos períodos em pé. O nome desse problema, um dos mais comuns que atingem os pés, é fascite plantar.

Neste texto iremos explicar o que é a fascite plantar, quais são as suas causas, sintomas e forma de prevenção.

O que é a Fascite Plantar?

O distúrbio, que provoca dor e dificuldade para caminhar, ocorre quando há uma inflamação em um tecido chamado fáscia plantar. Trata-se de uma estrutura fibrosa e firme que recobre os músculos da sola do pé ligando o calcâneo, o osso que forma o calcanhar, à base dos dedos. É a fáscia plantar que sustenta e mantém o pé levemente arqueado, além de potencializar a força muscular da região dos dedos e aumentar a eficiência do impulso. Ao andar, quando levantamos o calcanhar do chão, a fáscia plantar funciona como uma espécie de alavanca, diminuindo a pressão sobre os dedos, que recebem grande parte do nosso peso.

Quais são as causas da Fascite Plantar?

As causas da fascite plantar são muitas e é preciso ficar atento a elas. A mais comum é a inflamação provocada por um estiramento e estresse excessivo na fáscia plantar e é resultado do mau amortecimento de impacto.

- PUBLICIDADE -

Outros fatores apontados como causa da fascite plantar são alterações degenerativas provocadas pela idade, o uso de calçados inadequados e de saltos muito altos, e a prática de determinados esportes como corrida, saltos, balé, levantamento de peso e dança; caminhada sem um tênis apropriado também pode provocar o aparecimento da lesão.

Esse tipo de tendinite se desenvolve mais facilmente em pessoas com sobrepeso, que não praticam atividades físicas, que tem pés chatos ou cavos, apresentam diferença de comprimento das pernas ou encurtamento do tendão calcâneo, conhecido como tendão de Aquiles. Alguns profissionais que necessitam permanecer longos períodos em pé ou caminhar por várias horas ao dia, também são suscetíveis a desenvolver o problema.

Quais os sintomas da Fascite Plantar?

Os sintomas mais comuns são dor no meio da sola do pé, especialmente pela manhã e após longo período em pé, rigidez, dificuldade em caminhar ou subir escadas. Essa dor pode ser aguda ou crônica, surgir lentamente ou aparecer de repente. Outro sintoma importante é a dificuldade em elevar o pé em direção à canela; isso ocorre geralmente porque há um retesamento do músculo da panturrilha ou do tendão de Aquiles.

Prevenção da Fascite Plantar

Para a prevenção da fascite plantar recomenda-se o controle de peso; o uso de calçado que proporcione amortecimento adequado, especialmente durante a corrida e a caminhada, e a utilização de palmilhas, receitadas por um ortopedista, para corrigir alterações biomecânicas e casos de pé chato. Alongar os músculos da panturrilha antes e depois da prática esportiva também pode prevenir o problema.

PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Medifoco - O Nosso Foco é a sua Saúde