GLICEMIA DE JEJUM | EXAME DA GLICOSE

Por: Clara Isabela Pereira | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 28/02/2013

PUBLICIDADE
Hemoglicoteste

 

O que é?

A glicemia em jejum é um exame de sangue que tem como objetivo determinar a quantidade de açúcar (glicose) no sangue. É o primeiro passo para a investigação de diabetes, para avaliação do tratamento e rastreio do diabetes em grávidas. O exame é considerado normal quando apresenta resultado entre 70 e 99 mg/dl.

Como é feito o exame?

O exame da glicose é feito através da coleta de sangue e o paciente deve estar em jejum por no mínimo 8 horas.

Em quais situações o valor da glicemia de jejum pode estar aumentado?

O paciente pode apresentar valores aumentados de glicemia de jejum em casos de diabetes mellitus, síndrome de Cushing, estresse físico ou psicológico, pancreatite aguda, deficiência de tiamina, disfunção hepática crônica, hemocromatose (depósito de ferro nos órgãos do corpo), deficiência de potássio, feocromocitoma e devido uso de algumas drogas, como diuréticos, betabloqueadores e corticosteroides.

Em quais situações o valor da glicemia de jejum pode estar diminuído?

Os valores podem estar diminuídos por ação de medicamentos, como insulina  e sulfoniluréias, ingestão de álcool, doenças graves, insulinoma, após cirurgia de redução de estômago, jejum muito prolongado e hipotireoidismo.

Como interpretar o exame?

Os resultados do exame só podem ser interpretados pelo médico que solicitou. Normalmente, valores entre 100 e 125mg/dl indicam intolerância a glicose, valores acima de 200mg/dl ou dois resultados acima de 126mg/dl indicam a presença de diabetes.

- PUBLICIDADE -

Quais outros exames podem ser solicitados para diagnosticar diabetes?Hemoglicoteste

Além do exame de glicemia de jejum, em caso de suspeita de diabetes, podem ser solicitados também o teste oral de tolerância glicose e hemoglobina glicada.

A análise da hemoglobina glicada reflete os níveis de glicemia até aproximadamente 120 dias antes da coleta do exame. Pacientes com alto risco para o desenvolvimento de diabetes apresentam o exame de hemoglobina glicada entre 5,7 e 6,4%, enquanto que, pacientes com diabetes apresentam valores geralmente maiores que 6,5%, com confirmação posterior ou na presença de sintomas clínicos de diabetes ou com glicemia de jejum maior que 200mg/dl.

O teste oral de tolerância à glicose deve é indicado quando glicose plasmática de jejum apresenta valor entre 100 e 125 mg/dl, na presença de glicose plasmática menor que 100mg/dl juntamente com dois ou mais fatores de risco para diabetes mellitus em indivíduos com mais de 45 anos. O exame deve ser realizado com a pessoa em jejum de pelo menos 8 horas, para a primeira coleta do sangue. Após essa etapa, o paciente deve ingerir 75 gramas de glicose diluídas em água, e coletar sangue novamente após 2 horas. Valores maiores que 200mg/dl confirmam o diagnóstico de diabetes.

O teste de glicemia capilar tem como objetivo avaliar os níveis de glicose durante o dia, o que é importante para acompanhar e avaliar a eficácia da alimentação, da medicação oral e principalmente quando o paciente faz uso de insulina, podendo orientar mudanças no tratamento. Não serve como diagnóstico do diabetes.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck