HÉRNIA INGUINAL | Direta e Indireta

Por: Marina Zanetti | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 15/09/2012

PUBLICIDADE
Hérnia inguinal

 

A cirurgia de hérnia inguinal é uma das mais realizadas atualmente, já que a hérnia inguinal é o tipo mais comum de ocorrer.

As hérnias ocorrem devido a um ponto de fraqueza da aponeurose (capa fibrótica) na parede abdominal, e neste ponto geralmente passa uma parte de um órgão, freqüentemente é o intestino delgado e no caso de ser hérnia inguinal esta ocorre próximo à virilha.

Classificação:

As hérnias são classificadas em diretas e indiretas.

A hérnia direta é devido à fraqueza de um determinado ponto da parede abdominal, que pode se romper e então haver a passagem de parte de algum órgão, por exemplo, intestino delgado. Já a hérnia indireta ocorre porque durante a vida fetal os testículos e ovários migram da cavidade intra-abdominal para seus respectivos locais (bolsa escrotal e bacia feminina respectivamente), deixando um rastro de fraqueza na parede abdominal onde antes os continham, e neste local pode haver a passagem de um órgão.

As hérnias indiretas são mais comuns em crianças e adultos jovens e as diretas são mais comuns em homens e idosos, porém ambas podem acometer qualquer faixa etária e qualquer sexo.

- PUBLICIDADE -

Uma das principais causas além da fraqueza na parede abdominal, é o aumento da pressão intra-abdominal que ocorre devido a uma série de fatores, como por exemplo, exercícios físicos, a força proeminente do ato de evacuar, tosse pertinente, gravidez, ascite (barriga d’água) e hiperplasia prostática benigna (no homem).

Sintomas:

Os pacientes portadores de hérnia inguinal referem haver um “caroço” próximo à sua virilha, que gera algum desconforto ou dor, principalmente ao praticar exercícios físicos.

Diagnóstico:

O diagnóstico é feito através de uma boa anamnese(interrogatório médico) para que o médico possa conhecer o quadro clínico do paciente e principalmente por um bom exame físico, já que normalmente exames complementares não são muito úteis para o diagnóstico de tal patologia.

Tratamento:

Uma vez diagnosticada uma hérnia, esta deve ser tratada, e o único tratamento é cirúrgico. Quando esta não está complicada, a cirurgia pode ser eletiva (agendada).

Há, porém o risco da hérnia complicar-se, tornando-se encarcerada (quando a hérnia não é redutível, não é possível voltá-la a cavidade abdominal através da palpação) ou estrangulada (quando o órgão, por exemplo, o intestino delgado está em sofrimento, devido ao fato de estar preso dentro do orifício criado na hérnia), nestes casos é necessário haver uma cirurgia imediatamente, porque o paciente pode correr risco de morte.

Outros tipos de hérnias menos comuns:

– Hérnia umbilical: se formam na cicatriz umbilical.
– Hérnia Femoral: ocorre na região da coxa.
– Hérnia Epigástrica: ocorre um pouco acima da cicatriz umbilical.
– Hérnias Incisionais: ocorrem em locais que foram realizadas cirurgias anteriormente.



PUBLICIDADES


3 Comentários para o texto: “HÉRNIA INGUINAL | Direta e Indireta”

  1. Cleomar Humberto de Morais disse:

    Boa Noite. Realizei cirurgia de hernia inguinal direta direita em 25 do corrente. Graças a Deus sem complicações. Após cirurgia pouco de dor no local onde é introduzido aparelho para colocação da tela. Sobre dor meu médido ministrou novalgina, só tomei uma vez. Operei na segunda e na terça tive alta. Sexta já andando melhor só a perna direita um pouco presa. Um abraço a todos. Ha cirurgia realizada na Santa Casa de Santos, muito obrigado a equipe do Hospital.

  2. luca disse:

    qual e a diferenca entre hernia inhuinal direita e esquerda
    e seus fundamentos anatomicos

  3. FIZ UMA CIRUGIA DE HERNE INGUINAL ENCACERADA E APOS A CIRUGIA ESTA MUITO INCHADA.E ESTOU PREOCULPADA ÃO SEI O QUE FAÇO.

Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck