HIPOCONDRIA | O que é? – Sintomas – Causas

Por: Iramar Greco | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 05/03/2016

PUBLICIDADE
Hipocondríaco

 

Conhecer o próprio corpo e perceber quando algo não vai bem é importante para prevenir doenças futuras. O problema começa quando alguém acredita que é portador de uma enfermidade grave e passa a viver em função dessa crença. Isso é hipocondria.

O hipocondríaco tem uma preocupação com a saúde extremamente alta. Ele toma remédio para tudo a toda hora, tem informações sobre diversas doenças, conhece uma infinidade de exames e sabe muito sobre novos medicamentos e tratamentos. Esse tipo de pessoa é obsessivo e não realista; ao menor sinal de uma anormalidade, exagera os sintomas e passa a acreditar que tem uma doença grave.

Para o hipocondríaco uma simples pontada no peito é sinal de problema cardíaco; uma dor de cabeça corriqueira significa um tumor no cérebro, e por aí vai. A ideia fixa de que algo de muito ruim está acontecendo com seu corpo passa a consumi-lo, mesmo após realizar exames apropriados e o médico assegurar que o problema é simples ou nem existe.

Os principais sintomas da hipocondria são:

- PUBLICIDADE -
  • medo exagerado de ser portador de doença grave;
  • preocupação desproporcional com pequenos sintomas;
  • falar obsessivamente sobre seus sintomas e das doenças que suspeita ter;
  • mudar de médico constantemente em busca de uma segunda opinião;
  • acreditar que tem uma doença só de ouvir falar sobre ela;
  • checar com frequência a pulsação e a pressão arterial;
  • se submeter a exames complexos sem necessidade;
  • abusar de medicamentos.

Causas da hipocondria:

A causa da hipocondria não é totalmente clara. O que se sabe é que ela afeta homens e mulheres, geralmente, a partir da idade adulta.

Mas, há alguns fatores que podem desencadear o problema:

  • histórico familiar com doenças crônicas como diabetes ou hipertensão;
  • morte de alguém querido por enfermidade grave;
  • amiliares hipocondríacos;
  • ranstorno de ansiedade;
  • achar que ter a saúde em dia é nunca sentir nenhum sintoma diferente.

Ansiar pelo resultado de um exame ou demonstrar preocupação quando há dificuldade na identificação da causa de um sintoma, é natural; afinal, trata-se da nossa saúde. Mas, essa ansiedade deve acabar quando o médico apresentar o diagnóstico e indicar o tratamento.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck