HIPOTIREOIDISMO | Tipos – Sintomas – Tratamento

Por: Marina Zanetti | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 30/05/2015

PUBLICIDADE
Hipotireoidismo

 

O hipotireoidismo é uma situação que ocorre devido à diminuição dos hormônios produzidos pela tireóide (T3 e T4), que é uma glândula situada na região anterior do pescoço.

Existem alguns tipos diferentes de causas para o hipotireoidismo, sendo eles: o primário, secundário, terciário, subclínico e o congênito. Neste texto falaremos um pouco sobre cada um deles.

Glândula Tireóide

Hipotireoidismo Primário

O hipotireoismo primário, também conhecido como Tireoidite de Hashimoto é a principal causa de hipotireoidismo.

É de origem autoimune, ou seja, nosso próprio sistema de defesa não reconhece a tireóide e produz anticorpos que atacam e destroem a glândula, levando desta forma ao hipotireoidismo.

Hipotireoidismo Secundário e Terciário

O hipotireoidismo secundário e terciário envolve hipófise ou o hipotálamo, que são estruturas que se encontram dentro da caixa craniana, também pode ser chamado de hipotireoidismo central, e é bem raro de acontecer.

Hipotireoidismo Subclínico

Já no hipotireoidismo subclínico os hormônios da tireóide estão dentro da faixa de normalidade, enquanto o TSH está elevado. É como se fosse uma fase inicial da doença onde o hormônio da tireóide ainda não encontra-se abaixo do valor de referência porém o hormônio que estimula a tireóide a produzir seus hormônio (no caso o TSH) já se elevou.

- PUBLICIDADE -

Hipotireoidismo Congênito

O hipotireoidiso congênito é a patologia que acomete crianças recém-nascidas e é diagnosticado através do teste do pezinho, e deve imediatamente ser iniciado o tratamento, evitando assim, seqüelas, como atraso no desenvolvimento e retardo mental.

Fatores de risco para o desenvolvimento do hipotireoidismo:

– Idade maior que 60 anos;
– Sexo feminino
– Outras doenças da tireóide (bócio, nónulos, tireoidite)
– Algum familiar que tenha sido diagnosticado com hipotireoidismo ou hipertireoidismo;
– Alguma doença auto-imune;
– Já ter sofrido irradiação no pescoço;
– Já ter realizado tratamento com iodo radioativo;
– Alguns medicamentos (amiodarona, lítio)
– Baixa ingestão de iodo;
Síndrome de Down;
Hepatite C.

Sintomas do Hipotireoidismo:

Os sintomas do hipotireoidismo são os mais variados, e em algumas vezes podem não ser tão específicos, podendo confundir a clínica até com hipertireoidismo, daí a importância das dosagens hormonais. Os sintomas mais comuns são:

– Aumento de peso;
– Letargia (lentidão dos movimentos);
– Intolerância ao frio;
– Ressecamento da pele;
– Metabolismo lento;
– Obstipação intestinal (intestino preso);
– Sono excessivo;
– Rouquidão.

Tratamento:

O tratamento do hipotireoidismo baseia-se na reposição hormonal que está em falta, no caso é utilizado a Levotiroxina (L-T4). O tratamento deve ser acompanhado de perto por um médico endocrinologista.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck