ICTERÍCIA NEONATAL | O Recém- Nascido Amarelo

Por: Marina Zanetti | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 29/09/2013

PUBLICIDADE
Icterícia ao nascimento

 

Icterícia neonatal é um processo conhecido popularmente como “tiriça”, esta não é propriamente uma doença e sim uma manifestação. Na maioria das vezes é fisiológico, ou seja, é mais comum o recém-nascido apresentar icterícia, do que ele não apresentar.


Existem dois tipos diferentes de icterícia: a fisiológica (normal) e a patológica (que representa algum problema de adaptação com o bebê).

Como saber se a icterícia é fisiológica ou patológica?

Este diagnóstico é dado por um médico pediatra, que leva em conta alguns fatores, sendo que quando algum destes estiver presente, elimina-se a possibilidade de icterícia fisiológica e investiga-se a causa da icterícia patológica. São fatores:

    – Aparecimento de icterícia dentro das primeiras 24h de vida;
    – Icterícia com duração maior que 10 dias no recém nascido a termo e maior que 21 dias no recém nascido pré-termo (prematuro);
    – Presença de icterícia abaixo da região das coxas em recém-nascido a termo e abaixo da região do umbigo em recém-nascido pré-termo.

    Através da interpretação do resultado de exames, avalia-se também o aumento da bilirrubina, que é a responsável por causar a icterícia. Esta existe de duas formas: bilirrubina direta (BbD) e indireta (BbI), quando os valores da BbD forem maiores que 2, diagnostica icterícia patológica, e provavelmente esta será colestática, que é um outro tipo de icterícia menos prejudicial ao bebê, mas que necessita de cirurgia imediata.

    O aumento diário de bilirrubina total maior que 5 mg/dl também diagnostica icterícia patológica, assim como níveis maiores que 13 em recém-nascido a termo amamentado com fórmula (leites industrializados) ou maiores que 15 para aqueles alimentados exclusivamente pelo leite materno.

    Por que ocorre a icterícia?

    - PUBLICIDADE -

    No sangue existem células chamadas hemácias, e estas no adulto duram aproximadamente 120 dias, porém no recém-nascido, duram aproximadamente 60 dias. Elas contém em sua composição uma parte denominada “heme”, que é degradada e após passar por um processo dá origem a bilirrubina indireta, esta quando em excesso pode se acumular no cérebro e por isso se torna perigosa, podendo causar retardo mental além de várias outras seqüelas ao bebê.

    A bilirrubina indireta então para não se acumular deve passar por um processo até se transformar em bilirrubina direta, que não é prejudicial ao bebê quando eliminada, e só desta forma que ela pode ser eliminada. Este processo ocorre dentro das células do fígado. Esta bilirrubina direta ajuda a compor a bile que é armazenada na vesícula biliar e através de canais que ligam a vesícula ao intestino, é eliminada nas fezes e dá a coloração acastanhada que se conhece.

    Icterícia neonatal

    O problema é que as vezes todo este processo não ocorre da  forma como deveria em recém-nascidos e por isso há o acúmulo de bilirrubina, direta ou indireta e acaba gerando icterícia.

    A principal causa de icterícia patológica é incompatibilidade no tipo sanguíneo da mãe e da criança, por exemplo quando a mãe tem seu sangue negativo e a criança tem o sangue positivo.

    Outras formas mais raras que podem causar a icterícia é a mãe apresentar tipo sanguíneo O e a criança ser A ou B, ou mesmo o fato da criança não se alimentar através do leite materno e, portanto ter dificuldades para liberar o mecônio (primeiras fezes do bebê). Há ainda um outro tipo mais raro ainda que é devido ao próprio aleitamento materno, porém esta aparece tardiamente, aproximadamente ao redor da segunda semana de vida.

    E o tratamento?

    Quem indicará o melhor tratamento para cada causa de icterícia será o médico pediatra, que levará em consideração os níveis de bilirrubina presentes ao exame. O tratamento pode ser fototerapia (banho de luz azul) ou exsanguíneotransfusão, que é necessário apenas nos casos mais graves.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck