INSULINA | Tratamento para o Diabetes

Por: Carla Ciriani Pedroso | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 05/09/2012

PUBLICIDADE
Insulina

 

O tratamento adequado para diabetes dos tipos I e II exige controle plasmático da glicose, tratamento das complicações específicas da doença e diminuir os fatores de risco associados a diabetes. Além disso é necessário orientar a alimentação, atividade física e como  as medicações devem ser utilizadas. Isso se faz necessário devido a muitas variáveis, as quais irão determinar a quantidade de medicamento a ser administrado, até que as doses sejam adequadas para cada paciente.

Os níveis-alvo de glicose pré-prandial (jejum) variam entre 70 a 110 mg/dl e pós-prandial devem ser inferiores a 180 mg/dl após 1 ou 2 horas das refeições. Outro exame utilizado é o HbA1c também conhecido como hemoglobina glicada deve ser menor que 7%. É preciso lembrar que esse último exame não serve para o diagnóstico de diabetes e nem para rastreio, apenas para o controle pois mostra a quantidade de glicose (açúcar) consumido nos últimos 3 meses. Dessa forma, o médico tem como saber se o paciente está fazendo a dieta correta. Em pacientes com o diagnóstico confirmado pelo médico de diabetes, deve ser realizado o hemoglicoteste (equivalente a glicose pré-prandial) antes das refeições para determinar a quantidade e o tipo de insulina a ser utilizado.

A dose diária necessária para um paciente com diabetes varia entre 0,5 a 1,0 U/kg em doses fracionadas, geralmente combinando dois ou mais tipos de insulina. Existem basicamente 3 tipos de insulina de acordo com o tempo de ação:

– Ultra-rápida (até 2 horas): asparte, lispro, glusina e humana inalável
– Rápida (até 7 horas): regular e NPH
– Lenta (até 24 horas): glargina e determir

- PUBLICIDADE -

O paciente com diabetes II possui fatores que influenciaram o surgimento dessa doença, como genética, idade, obesidade e resistência periférica à insulina (principal causa). Dessa forma, a secreção de insulina pode variar e, assim, não é suficiente para o organismo conseguir manter os níveis normais de glicose durante o dia, principalmente após às refeições. É preciso lembrar que nem todas as pessoas obesas serão diabéticas. Em alguns casos, pacientes com diabetes tipo II podem ser tratados apenas com alimentação e atividade física. Porém, a insulina é essencial para a maioria dos pacientes. É preciso uma avaliação médica para saber se o uso de insulina é necessário ou não. Uma outra opção é o uso de hipoglicemiantes orais, mas alguns pacientes não conseguem responder a essa terapia, que só deve ser utilizada pelos pacientes com tipo II da doença.

Hemoglicoteste - utilizado antes das refeições principais em pacientes diabéticos em uso de insulina

A insulina não pode ser administrada por via oral, uma vez que é um polipeptídeo e, ao chegar no trato gastrointestinal é degradado, sendo necessário ser administrado por via subcutânea. Em casos de emergência hiperglicêmica, alguns tipos de insulina podem ser utilizados por via endovenosa. O principal efeito colateral do uso de insulina são os sintomas de hipoglicemia, como visão dupla ou turva, frequência cardíaca rápida, confusão, cansaço ou fraqueza, mau humor ou agressividade, nervosismo, formigamento ou dormência na pele, sudorese, dor de cabeça, fome, problemas para dormir, agitação ou tremores e pode ocorrer em casos mais graves desmaios, convulsões e coma.

Existem bombas de insulina que são utilizadas especificamente para pacientes com diabetes tipo I, em que existe liberação contínua de insulina de ação ultracurta para o organismo por via subcutânea.

O diagnóstico de diabetes deve ser realizado por um médico com exames adequados, e o controle da alimentação e o uso de insulina deve ser uma rotina do paciente com diabetes tipo I e II, a fim de uma boa qualidade de vida para o paciente. Não se deve esquecer de reduzir os fatores de risco e a prática de atividade física.



PUBLICIDADES


One Response para o texto: “INSULINA | Tratamento para o Diabetes”

  1. arnaldo disse:

    qual o perigo de aplcação na veia de insulina

Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck