LUXAÇÃO NO OMBRO | Causas, Sintomas e Tratamento

Por: Iramar Greco | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 30/08/2016

PUBLICIDADE
Luxação ombro

 

O esqueleto humano é como uma engrenagem muito bem montada. É uma estrutura óssea que, além de sustentar nosso corpo, protege os órgãos internos e fornece apoio para a fixação dos músculos.

Nessa engrenagem, os ossos que compõem uma articulação são separados pela cartilagem, uma área lisa e deslizante que proporciona o movimento. A luxação acontece quando o osso de uma articulação sai do lugar, perde os pontos de contato e se separa do outro.

As regiões mais passíveis de sofrer esse tipo de trauma são os ombros, joelhos, cotovelos, punhos e dedos das mãos. Mas, a mais frequente e responsável por mais de 50 por cento das luxações articulares, é a de ombro. E dependendo da direção em que o úmero se desloca a luxação pode ser:

  • anterior, quando o osso vai para a frente; esse é o tipo de trauma mais comum e responsável por mais de 80 por cento dos casos;
  • posterior, que ocorre quando o úmero se desloca para trás; um tipo mais raro.

Causas da Luxação do Ombro:Luxação do ombro

- PUBLICIDADE -

Um movimento brusco, uma pancada mais forte, quedas ou encontrões podem provocar esse deslocamento repentino, sem que o osso quebre ou apresente uma rachadura.

Sinais e Sintomas da Luxação do Ombro:

Os sinais e sintomas mais característicos da luxação no ombro são: dor forte, restrição da mobilidade, alteração do formato do ombro e, algumas vezes, hematomas e inchaço.

A luxação pode danificar músculos, ligamentos e tendões, além de provocar complicações que variam de acordo com a gravidade do trauma, a idade do paciente, número de episódios e tempo em que o ombro permaneceu luxado. Entre as principais consequências estão uma maior probabilidade de novas ocorrências e uma maior facilidade para o desenvolvimento de artrose, ou seja, de desgaste articular.

Tratamento da Luxação do Ombro:

Ao menor sintoma de luxação no ombro, o paciente deve procurar um ortopedista. Após a avaliação clínica e radiográfica que atestem o problema, o tratamento inicial do trauma é a redução, ou seja colocar o ombro no lugar. Para diminuir a dor durante o procedimento, o médico pode utilizar analgésicos, infiltrações ou até anestesia.

Realizada a redução, o paciente deve usar tipoia por um período determinado pelo médico e de acordo com a gravidade da luxação, sua idade e a assiduidade na prática de exercícios físicos.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck