MITOS RELACIONADOS AO ALEITAMENTO MATERNO

Por: Marina Zanetti | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 07/02/2013

PUBLICIDADE
Mitos aleitamento materno

 

Ninguém sabe ao certo quem os criou, mas o que já é sabido é que os mitos relacionados ao aleitamento materno passam de geração em geração e muitas vezes acabam prejudicando e até mesmo interrompendo o ato de amamentar.

    Leite Fraco: uma dúvida que aflige boa parte das mulheres é em relação ao leite estar fraco para alimentar seu bebê. Leite fraco NÃO existe e esta dúvida pode estar relacionada ao aspecto translúcido do leite quando comparado ao leite de vaca, aparentando-se estar diluído e ausente as substâncias nutritivas.

    Mas, muito se engana quem pensa assim, já que o aleitamento materno exclusivo garante o desenvolvimento adequado para o bebê até os seis meses de vida, não sendo necessário nenhum complemento como água ou chá, por exemplo, já que o leite possui tudo o que o bebê precisa nos primeiros meses de vida.

      Pouco Leite: na maioria das vezes a produção de leite é diminuída devido a erros na posição de se colocar o bebê para mamar, a intervalos muito prolongados entre as mamadas ou devido a introdução de outros tipos de alimentos oferecidos ao bebê.

      O aleitamento deve ocorrer em livre demanda, sempre que a criança sentir fome ela deve mamar, sem obedecer intervalos regulares de duas ou três horas, e é importantíssima a mamada noturna, pois é ela que garante a produção de leite para o dia seguinte.

      - PUBLICIDADE -
        Não ter leite: é extremamente raro uma mulher não ter leite, e este fato se dá pela impressão de peito vazio após o parto, porém é através da sucção do bebê que ocorre a apojadura (decida) do leite, quanto mais cedo se coloca o bebê para mamar, mais cedo se terá leite.

          O peito cai: o comprometimento estético da mama está mais relacionado com fatores genéticos do que com a amamentação, e o simples fato da mulher engravidar já altera a estrutura da mama, e uma boa forma de prevenir este problema é a sustentação das mamas através de sutiãs de alças largas.Álcool e a amamentação

            Cerveja preta aumenta a produção de leite: popularmente fala-se que alguns alimentos aumentam a produção de leite, porém não existe na literatura nada que comprove isto, e além de tudo a cerveja preta é uma bebida alcoólica e deve ser evitada. A única necessidade da mulher enquanto amamenta é a reposição hídrica que pode perfeitamente ser feita através da água.



PUBLICIDADES


One Response para o texto: “MITOS RELACIONADOS AO ALEITAMENTO MATERNO”

  1. tosti disse:

    meu bebe ja vai fazer um aninho…esta com muita saude…ama mamar o peito…desde q nsceu e nao larga…dou papinha etc mas quer o peito ,para dormir tb..é bom demais amamentar é um momento único vc e seu bebe…amamentem é bom demais e melhor ainda da saude para o seu filhote…eu e o papai estamos com gripe forte e tosse e o nosso herdeiro esta com saude…nunca ficou dodoi graças a Deus(todoPoderoso).

Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck