O QUE É MIOMA UTERINO? | Sintomas – Diagnóstico e Tratamento

Por: Lorena Bastos | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 02/04/2015

PUBLICIDADE
Mioma Uterino

 

Os miomas, também denominados fibromas, são tumores benignos uterinos. Trata-se de um problema hormonal causado principalmente pelo hormônio estrogênio. Logo, têm-se maior ocorrência de miomas durante o período de reprodutividade das mulheres até a menopausa.

O fibroma é responsável por emaranhar as fibras musculares do útero, formando nódulos e, normalmente, encontrados nos tratos genitais. São caracterizados por uma cor esbranquiçada e uma densidade firme.

A doença atinge 50% das mulheres, majoritariamente as de pele negra, obesas ou que não possuem filhos.

Sintomas do Mioma

No geral, as mulheres portadoras da doença não apresentam sintomas. Porém, quando ocorrem, podemos citar as seguintes manifestações:

– Sangramento anormal do útero;
– Dores no abdômen e na lombar;
– Dificuldades para engravidar;
– Pressão na bexiga;
Dor na pélvis e possível hemorragia.

Diagnóstico do Mioma

Como trata-se de uma doença assintomática, a maioria das mulheres descobrem o aparecimento de sintomas por acaso durante os exames regulares femininos, tais como o ultrassom e outros exames ginecológicos.

Tratamento do Mioma

Independentemente de apresentar sintomas ou não, os miomas devem ser tratados. Porém, o tratamento dependerá do histórico de vida do paciente e de aspectos como a quantidade e o tamanho dos nódulos já existentes. Poderá, então, ser feito o tratamento por medicamentos ou através de cirurgias.

- PUBLICIDADE -

Quando realizado por medicamentos, o tratamento inclui remédios que podem ser injetáveis ou de uso oral, como anti-inflamatórios não hormonais, drogas inibidoras de hormônios, progestágenos, etc. No entanto, há grandes possibilidades de futuramente nascerem novos miomas.

O tratamento por cirurgias depende de diversos fatores. No caso de a mulher possuir mais de 35 anos de idade e ter filhos, recomenda-se a histerectomia, responsável pela retirada do útero com os fibromas através da laparoscopia, videolaparoscopia e via vaginal.

No caso de mulheres que desejam engravidar, é recomendado um tratamento especial, já que a presença dos miomas podem afetar drasticamente a fertilidade e levar a um aborto espontâneo. Quando a mulher já conseguiu engravidar, o tratamento envolve apenas uma análise cautelosa e frequente durante toda a gravidez, pois os fibromas podem induzir um parto prematuro em função do seu aumento volumétrico, resultando dificuldades durante o parto. Os miomas não podem ser retirados.

E por último, quando as mulheres, apesar de necessitarem de uma cirurgia para a retirada dos miomas, não a desejarem, recomenda-se um tratamento pela embolização, caracterizada por obstruir as artérias uterinas com elementos sólidos. O intuito é diminuir a nutrição dos miomas e, consequentemente, reduzir o volume do útero e quantidade de nódulos existentes.

Somente o médico indicará a melhor conduta para o seu caso.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck