PRESSÃO BAIXA OU HIPOTENSÃO ARTERIAL

Por: Cássia Rocha | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 27/08/2015

PUBLICIDADE

A pressão baixa, cujo nome técnico é hipotonia arterial ou hipotensão arterial, tem a fama de ser uma condição “sorrateira”, por não apresentar sintomas tão evidentes quanto os da hipertensão. Por isso é importante entender mais sobre ela, para que você saiba identificar rapidamente quando algo estiver errado e procurar um médico o quanto antes.

O que é a pressão baixa?

A pressão arterial é a força que o sangue exerce nas paredes das artérias para que possa circular pelo corpo. Quando a pressão está baixa, o fluxo de sangue cai, impedindo que o oxigênio chegue às células na quantidade adequada.

Sintomas da pressão baixa

Há casos em que a pessoa não sente nada, mas os sintomas mais comuns são fraqueza, tontura, aceleração dos batimentos cardíacos e suor frio. É considerada pressão baixa quando os níveis estão abaixo de 90mmHg x 60mmHg, o popular “9 por 6”.

Doenças relacionadas a pressão baixa

A hipotensão não é considerada uma doença propriamente dita, como a hipertensão, onde o paciente precisa tomar medicamentos regularmente. Mas ela pode estar relacionada a alguma doença ou condição que o paciente apresente no momento, como diabetes, infarto, embolia pulmonar, entre outros. Por isso é tão importante ir até um pronto-socorro assim que notar algo diferente.

Queda de pressão

- PUBLICIDADE -

Às vezes a queda da pressão ocorre por algum fator passageiro mais simples, como jejum prolongado, desidratação ou em dias muito quentes. Laxantes e remédios para emagrecer também podem ocasionar a queda.

Pode acontecer também quando a pessoa se levanta muito rapidamente após um longo período deitada ou agachada, também chamado de hipotensão postural.

Quando houver uma queda brusca de pressão, a pessoa deve ficar deitada com os pés elevados, e ingerir água ou suco natural de frutas sem açúcar em pequenos goles. Se não melhorar em alguns minutos, deve procurar um médico imediatamente.

Tratamento da pressão baixa

Quando a pessoa é saudável, e já foi descartada a existência de alguma doença causadora da pressão baixa, não é necessário nenhum medicamento. Se houver o diagnóstico de alguma doença de base, o profissional irá tratar de acordo.

É importante entender que muitas pessoas saudáveis têm pressão baixa e isso não é um problema. Elas podem passar a vida inteira sem que isso afete em nada sua saúde. Ela é preocupante quando vem acompanhada de algum sintoma ou quando não é o normal daquele indivíduo, como alguém que costuma ter a pressão mais alta.

Atenção

Muitas pessoas associam um desânimo muito prolongado, cansaço e falta de vontade de fazer qualquer coisa com a pressão baixa. Muita atenção se você ou alguém que conhece está passando por isso, pois pode ser um indicativo de depressão. Na dúvida, sempre consulte seu médico para que ele possa orientá-lo da melhor forma.

PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Medifoco - O Nosso Foco é a sua Saúde