SAL – SÓDIO | Benefícios e Malefícios

Por: Iramar Greco | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 25/09/2016

PUBLICIDADE
Sal

 

O sal é usado desde a Antiguidade. Utilizado na conservação de alimentos, o produto também foi um dos primeiros artigos de comércio internacional até se transformar em um dos temperos mais populares do mundo.

Essa composição de cloro e sódio que realça o sabor dos alimentos tem um papel importante no funcionamento do nosso organismo, se consumido na medida certa. O sal é uma das principais fontes de iodo na dieta diária, elemento essencial para o bom funcionamento da tireóide.

Os Benefícios do Sal/Sódio:

O sódio, em sua composição, mantém o equilíbrio e a distribuição dos líquidos do corpo, dentro e fora das células, e ajuda na absorção e retenção de água e glicose. Também desempenha função fundamental nas contrações musculares, normalizando o ritmo cardíaco e melhorando o fornecimento de energia para o organismo. Além disso, é um bom condutor dos impulsos nervosos, o que permite o funcionamento do cérebro e o controle das funções vitais do organismo.

Quando há perda rápida dos níveis de sódio o organismo reage; alguns dos sintomas são: queda da pressão arterial, fraqueza muscular, náuseas e confusão mental.

Os Malefícios do Sal/Sódio:

Se a escassez é ruim para a saúde, o excesso é pior ainda.

- PUBLICIDADE -

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, OMS, a quantidade máxima de consumo diário de sódio (Na) é de 2g e a de sal (NaCl) deve ser inferior a 5g. Controlar essas quantidades é que é difícil.

O problema é que o sódio não está presente apenas no sal de cozinha; ele aparece na composição de grande parte dos alimentos industrializados. E seu consumo exagerado já virou problema de saúde pública. O Ministério da Saúde, que adota o padrão da OMS, estima que o consumo médio do brasileiro é de 12g de sal por dia, mais do que o dobro recomendado.

A ingestão excessiva de sal e sódio pode provocar uma série de problemas de saúde. Entre eles, a hipertensão aparece no topo da lista. E, pressão alta leva a complicações cardiovasculares. Não bastasse isso, sal e sódio em demasia levam a problemas renais.

Conclusão:

Portanto é importante manter o consumo adequado de sal porque tanto a baixa quanto a alta quantidade de sódio no sangue acarretam problemas no coração ou nos rins.

Para manter a quantidade de sal e sódio sob controle, na medida do possível, substitua alimentos industrializados por produtos in natura. Evite o consumo excessivo de frios e embutidos; diminua a quantidade ou substitua o sal no preparo dos alimentos e em saladas. Além disso, acostume-se a ler o rótulo dos produtos e a observar a quantidade de sódio que há em cada alimento.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck