TRANSTORNOS ALIMENTARES | Obesidade – Anorexia – Bulimia

Por: Dra. Caroline Picolli | Texto Aprovado pelo Conselho Médico do MediFoco
Atualizado em 16/05/2015

PUBLICIDADE
Transtornos alimentares

 

Má alimentação pode ocasionar problemas graves

Quem que na correria do dia a dia nunca comeu aquele cachorro quente da esquina? Ou até mesmo aquela coxinha deliciosa da padaria? Lugares que, muitas vezes, nem conhecemos a procedência dos alimentos.

O grande consumo desses alimentos e de produtos industrializados, o aumento do sedentarismo, a prática irregular de atividades físicas e a procura pelo corpo perfeito são fatores causadores dos transtornos alimentares. Tudo isso somado ao estresse ocasiona uma piora na qualidade de vida da população.

Obesidade, Anorexia e Bulimia são alguns dos exemplos mais comuns de transtornos alimentares e podem acarretar graves danos a saúde.

A obesidade é uma doença que já atinge proporções epidêmicas. É caracterizada por indivíduos que possuem uma compulsão alimentar, responsável pelo aumento no peso corporal.

Segundo a Associação Médica Brasileira e o Conselho Regional de Medicina, a obesidade é classificada em três níveis, diferenciando-se a partir do índice de massa corpórea (IMC): obesidade I (IMC= 30, 0 a 34,9 kg/m²), obesidade II (IMC= 35,0 a 39,9 kg/m²) e obesidade III (IMC> 40 kg/m²).

- PUBLICIDADE -

A obesidade pode ser considerada precursora de outras doenças, tais como: Doenças cardiovasculares, hipertensão, Diabetes Mellitus, doença hepática gordurosa não alcoólica, síndrome metabólica, doenças respiratórias, doenças da vesícula biliar, entre outras.

Anorexia

A anorexia é caracterizada pela extrema perda de peso, distorção da imagem corporal e medo exagerado do ganho de peso. Tal transtorno pode ocasionar: alterações hormonais, amnorréia, fadiga, mal estar, fraqueza muscular, palpitações, alterações no sono e comportamentais, náuseas, vômitos, diarréia e alterações no estado nutricional (EN) do indivíduo, levando-o à desnutrição.

Bulimia

Bulimia é um transtorno alimentar que leva a pessoa a exagerar na ingestão de alimentos e logo a seguir provocar o vômito, ou ainda fazer uso de outros recursos como tomar laxante, ficar um longo período sem se alimentar ou praticar exercícios físicos em excesso, para impedir o ganho de peso.

Mudanças no estilo de vida

A reeducação alimentar aliada a prática regular de atividade física e a um tratamento psicológico, funcionam como soluções nesses casos. Sendo necessário que o indivíduo adote um novo estilo de vida para recuperar sua saúde afetada pelos transtornos alimentares.



PUBLICIDADES


Deixe um Comentário

Antes de enviar seu Comentário, faça o cálculo abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck